Foto: TSE/Divulgação

Na noite de ontem (16), o plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) optou por revisar o cálculo de distribuição entre os partidos do Fundo Especial de Financiamento de Campanha. O montante do fundo este ano é de R$ 2,034 bilhões.

No dia 1º de junho, o tribunal havia divulgado a divisão de recursos proporcionais ao tamanho das bancadas de cada partido do Congresso. Porém os ministros decidiram que o correto é considerar o tamanho de cada bancada conforme a eleição de 2018.

Portanto, os recursos do Fundo Eleitoral devem ser divididos da seguinte forma: 48% de forma proporcional ao tamanho da bancada dos partidos na Câmara dos Deputados; 35% de modo proporcional ao número de votos recebidos por cada legenda nas eleições de 2018 (para as agremiações com ao menos um deputado); 15% de acordo com as bancadas no Senado; 2% igualmente entre todos os partidos registrados no TSE.