O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse que há a possibilidade de se criar um novo Programa de Recuperação Fiscal (Refis) para empresas que acumularem dívidas durante o período da pandemia da COVID-19. Segundo ele, não se deve misturar o novo Refis com o passado, mas sim se concentrar nas dívidas tributárias contraídas durante o momento atual.

Maia participou nesta terça-feira (16) de teleconferência com políticos e empresários de Minas Gerais. “Tem que tomar cuidado para não misturar com dívidas anteriores. Há sempre uma cultura no Brasil de não pagar impostos e esperar um novo Refis e isso faz muito mal para a economia”, disse.