Foto: Pedro França/Agência Senado

O Senado vota, na terça-feira (16), a Medida Provisória nº 936/20, que trata
da redução do salário e da jornada de trabalho. Na semana passada, o relator
da matéria, senador Vanderlan Cardoso (PSD-GO), apresentou seu parecer
com apenas uma mudança na redação. Mas o texto pode ser alterado por
meio de destaques. Havendo mudanças de mérito, voltará para a Câmara.

Pelas regras, as empresas podem negociar com trabalhadores a suspensão de
contratos por até 60 dias ou a redução de jornada e de salário por até 90
dias. O custo inicial do programa para a União será de R$ 51,2 bilhões. O
Congresso quer que o governo prorrogue os prazos por mais 60 dias. O texto
aprovado na Câmara permite que o governo faça isso por decreto.