Foto: Alan Santos / PR

O G20, bloco econômico formado pelos países mais ricos do mundo, informou que os países-membros e convidados destinaram US$ 21 bilhões para ações de combate à pandemia do novo coronavírus. Segundo o grupo, as nações não pouparão esforços para proteger vidas e os mais vulneráveis.

A organização afirma que assumiu compromisso decisivo no combate à doença. Do montante, serão destinadas quantias para o desenvolvimento de vacinas, tratamentos, testagem da doença, bem como pesquisa e desenvolvimento.

Segundo a projeção do Fundo Monetário Internacional (FMI), de abril, o Produto Interno Bruto (PIB) mundial deve sofrer queda de 3% em 2020, representando o pior desempenho desde a Grande Depressão em 1929. Alguns países sofrerão menos que outros com os impactos econômicos.

Mais de 200 personalidades políticas e sociais pediram que o G20 realize uma reunião da cúpula extraordinária de forma urgente, sem ter de esperar a que já está marcada para novembro.