Foto: José Cruz/Agência Brasil

A afirmação foi feita pelo presidente da Câmara dos Deputados durante entrevista concedida hoje (10) à Rádio Gaúcha, de Porto Alegre (RS).

Na entrevista, Maia lembrou que “estamos chegando a uma perda de 40 mil vidas devido ao coronavírus. A gente tem que focar nisso. Tem os pedidos de seguro-desemprego, os dados sobre desemprego. É muito problema. Tem que olhar para isso”.

Além do foco de preocupação do Congresso ser as medidas de combate a pandemia, não há, neste momento, um ambiente em favor do impeachment. Muito antes pelo contrário.

Após os acordos celebrados com partidos do chamado centrão, o presidente Jair Bolsonaro está construíndo uma base política mínima para barrar o eventual avanço do processo de impeachment na Casa.

Além disso, não há clima social para o afastamento de Bolsonaro. Mesmo que a oposição tenha ensaiado sair às ruas, quem possui capacidade de mobilização popular é o bolsonarismo.