Foto: AFP/Getty Images

O número de americanos que buscam benefícios de desemprego desde o início do surto de coronavírus eclipsou 40 milhões, depois que mais 2,1 milhões de pessoas entraram com pedidos de desemprego pela primeira vez na semana passada.

Um total de 40,8 milhões de americanos entrou com pedido de desemprego por meio de programas estaduais nas últimas 10 semanas, segundo dados divulgados pelo departamento de trabalho dos EUA. As reivindicações contínuas, que registram o número de desempregados que estão recebendo benefícios ativamente, caíram de 3,9 milhões para 21,1 milhões, representando 14,5% da força de trabalho.

Fonte: Financial Times