Foto: Divulgação/IBGE

Na sexta-feira (29), o IBGE divulga o resultado do PIB do primeiro trimestre do ano. Espera-se um resultado negativo, tanto na comparação com o quarto trimestre de 2019 quanto com o primeiro trimestre do ano passado. O tombo maior é esperado para o segundo trimestre do ano, quando a economia sentirá os efeitos mais graves da pandemia do coronavírus.

As estimativas para o primeiro trimestre giram em torno de -1,5 e -1,7 na comparação com o quarto trimestre de 2019 e de -0,3 a -0,5% com o último trimestre do ano passado. Para o segundo trimestre (abril, maio e junho), as estimativas são de queda de -15%.

O resultado negativo do PIB aumenta a pressão sobre a equipe econômica quanto a medidas para contornar as consequências da pandemia e estimula o presidente Jair Bolsonaro a manter as críticas contra os governadores que adotam medidas a favor do isolamento social.