Foto: Leonardo Sá/Agência Senado

Os líderes optaram em reunião nesta segunda-feira (18) por cancelar o recesso parlamentar por causa da pandemia do coronavírus. Segundo o presidente do Congresso Nacional, senador Davi Alcolumbre (DEM-AP), “a decisão foi tomada por nós parlamentares por entendermos que o Legislativo precisa continuar trabalhando para amenizar os efeitos negativos da pandemia da COVID-19”.

Normalmente, os parlamentares tem dois recessos durante o ano legislativo: no meio do ano (18 a 31 de julho) e no final do ano (23 de dezembro a 1º de fevereiro). Na reunião também foi optado por adiar o retorno das sessões presenciais, previsto para 15 de junho.