Foto: UNRIC.org

A Comissão da União Europeia (UE) apresentou uma proposta aos países do bloco que prevê estender a restrição temporária de viagens internas não essenciais até 15 de junho. A prorrogação do fechamento se aplica aos 27 países do bloco, exceto à Irlanda, além das nações que fazem parte do acordo de Schengen – Bulgária, Croácia, Chipre e Romênia – e das associadas – Noruega, Suíça, Islândia e Liechtenstein.

A prorrogação de 30 dias tem a justificativa de reduzir a interação social. A decisão, no entanto, não afetaria moradores de longa duração na UE, familiares de europeus, e até mesmo os profissionais da saúde. Futuramente as restrições devem ser derrubadas de maneira coordenada.

Qualquer nova extensão para além de 15 de junho de 2020 deve ser reavaliada, com base na evolução da situação epidemiológica. A proposta ainda precisa receber aval do Conselho Europeu