Foto: Agência Brasil

A Secretaria de Política Econômica do Ministério da Economia divulgou nesta quarta-feira (13) a projeção de que a economia deve regredir 4,7% em 2020. O número se deve aos efeitos da pandemia da COVID-19. Em janeiro, a projeção de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) era de 2,4%.

Para 2021, espera-se que o PIB cresça 3,2%. Antes, a previsão era de 3,3%. Para 2022, a previsão é de que a economia expanda 2,6% e em 2023 e 2024, 2,5% em cada ano.

Em relação à inflação, a previsão divulgada pelo Ministério de Economia para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) é 1,77% em 2020. Para 2021, a expectativa é de 3,3%.