Foto: Albari Rosa/Gazeta do Povo

A Fundação Getúlio Vargas (FGV) divulgou nesta segunda-feira (11) que os dois indicadores do mercado de trabalho apresentaram piora no mês de abril por causa da pandemia do coronavírus. O Indicador Antecedente de Emprego (Iaemp) e o Indicador Coincidente de Desemprego (ICD) registraram números ruins.

O Iamep, que busca antecipar tendências entrevistando consumidores e empresários da indústria e serviços, caiu 42,9 pontos de março para abril. Foi a maior queda mensal e o menor nível do indicador desde 2008.

Já o ICD cresceu de 5,9 pontos para 98,4 pontos. O indicador é medido de tal maneira que o crescimento do número significa uma piora.