Foto: Governo de SP/Divulgação

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou nesta sexta-feira (8) que a quarentena no estado foi prorrogada até o dia 31 de maio. Informação foi divulgada em coletiva no Palácio dos Bandeirantes.

Doria disse que a flexibilização da quarentena na atual conjuntura prejudicaria o sistema de saúde e a recuperação econômica. Com a decisão, permanecem autorizados a funcionar apenas serviços essenciais.

“Queremos, sim, em breve juntos poder anunciar a retomada gradual da economia como, aliás, está previsto no Plano São Paulo. A experiência de outros países, e nós temos utilizado essas experiências aqui, mostra claramente o colapso da saúde e, quando isso acontece, paralisa tudo”, disse o Governador.