Foto: Divulgação/Time for Argentina
A Argentina recuou da decisão de abandonar completamente as negociações do Mercosul com outros países e pede agora a Brasil, Paraguai e Uruguai para negociar, em uma velocidade menor, entrada nos acordos depois dos demais membros do bloco sul-americano.
O país ratificou a importância e a necessidade de avançar na procura de soluções conjuntas que permitam aos países do bloco avançarem em ritmos diferenciados com a agenda de relacionamento externo, lembrando e tomando em consideração a situação econômica do país.

A intenção da Argentina é conseguir a possibilidade de adentrar nos futuros tratados de livre comércio que o Mercosul está negociando, como Canadá e Líbano, e se beneficiar deles. O mecanismo proposto daria à Argentina mais tempo para cuidar primeiro da sua crise econômica interna, agravada pela pandemia do novo coronavírus, e para renegociar a sua dívida pública externa com os credores privados.