Foto: Marcos Magalhães/ Agência Senado

A Mesa Diretora do Parlamento do Mercosul (Parlasul) reagendou para 12 de maio reunião que deveria ser realizada ontem. A pauta do encontro não foi divulgada.

O Parlasul tem se reunido remotamente desde o início de abril, devido à pandemia do coronavírus. Foram duas reuniões da Mesa Diretora, para tratar da articulação entre os países membros do órgão — Brasil, Argentina, Uruguai, Paraguai, Bolívia e Venezuela.

Além da Mesa, algumas comissões do Parlasul agendaram encontros através de plataformas virtuais para conduzirem seus trabalhos. A Comissão de Orçamento realizou dois encontros, e a de Relações Internacionais fez um. Estão agendadas reuniões das comissões de Educação e Ciência e de Infraestrutura.

Já as reuniões plenárias do Parlasul não têm acontecido, em função da ausência de indicações dos representantes da Argentina e do Uruguai. Em março, o senador Nelsinho Trad (PSD-MS), que preside a Representação Brasileira no Parlasul, havia cobrado uma resolução para esse impasse. Os representantes argentinos precisam ser eleitos para a função em processo interno no parlamento do país. No caso do Uruguai, eles são apenas designados.

Fonte: Agência Câmara de Notícias