Foto: Gabriela Biló/Estadão Conteúdo

Pesquisa XP/Ipespe, realizada entre quinta (23) e sexta-feira (24), mostra que 42% dos entrevistados consideram o governo de Jair Bolsonaro como “ruim/péssimo”, mesmo percentual da pesquisa realizada em 22 de abril. A avaliação regular do governo, oscilou dois pontos percentuais para baixo e agora é de 24%. E a avaliação positiva do governo Bolsonaro se mantém em 31%.

A sondagem ainda não captou com precisão o desgaste da saída de Sérgio Moro do governo, embora 77% dos entrevistados tenham tomado conhecimento do fato. A tendência é que haja desgaste na popularidade do presidente, afinal 67% acreditam que o fato de o ministro ter saído será negativo para o governo. 16% responderam que não terá impacto. E 10% afirmam que o impacto será positivo.

De acordo com o Ipespe, 44% dos entrevistados aprovam/aprovariam a decisão de Moro, praticamente o mesmo percentual que desaprova/desaprovaria a decisão do ministro (42%).

Quanto à expectativa para o restante do governo Jair Bolsonaro, 18% avaliam que será “ótimo/bom”, 25% dizem que será “regular” e 49% afirmam que será “ruim/péssimo”.