Foto: Alan Santos/PR

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), apreciou apenas um dos 27 pedidos de impeachment protocolados na Casa contra o presidente da República, Jair Bolsonaro. O Legislativo analisa as denúncias por crime de responsabilidade contra o chefe do Executivo.

No entanto, a ação protocolada no Supremo Tribunal Federal (STF), julga o presidente por crime comum, o que na avaliação de Maia e seus aliados, é o caminho mais viável para um possível afastamento de Bolsonaro.

Há pedidos de impeachment de parlamentares da Rede Sustentabilidade; da líder do PSL na Câmara, a ex-bolsonarista Joice Hasselmann (SP); do PDT, Psol, PSDB, entre outros. Ao que tudo indica, o PSB também irá protocolar um pedido nesta segunda-feira.