Foto: Osnei Restio/Prefeitura de Nova Odessa

A União Europeia avalia que o desenvolvimento de uma vacina contra o coronavírus é a melhor opção para vencer a pandemia. No entanto, até que seja disponibilizada em quantidades suficientes para permitir o uso amplo e seguro, o processo pode demorar até um ano.

Por isso, a UE irá realizar uma teleconferência de doadores para financiar, de forma emergencial, o desenvolvimento da vacina. A reunião ocorrerá em 4 de maio e contará com soluções inovadoras e justas de países e organizações como um todo.

O evento será coordenado entre a Comissão Europeia e a Organização Mundial da Saúde. A infecção causada pelo coronavírus já atingiu mais de 2,4 milhões de pessoas e levou a morte de aproximadamente 166 mil pessoas pelo mundo, até esta segunda-feira (20).