Marcelo Camargo/Agência Brasil

O presidente da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) das fake news, o senador Ângelo Coronel (PSD-BA), disse que o ex-ministro Sergio Moro será convocado para falar sobre a intenção do presidente Jair Bolsonaro de interferir em inquéritos da Polícia Federal. Aviso foi publicado nesta sexta-feira (24), no Twitter.

Durante anúncio de sua demissão do Ministério, Moro disse que Bolsonaro fez pressão política sobre a PF. A CPI investiga notícias falsas e assédio nas redes sociais e foi instaurada em 2019.

O deputado federal Aliel Machado (PSB-PR) protocolou hoje requerimento para a criação de outra CPI para investigar as afirmações de Moro. Segundo o documento, a comissão “deverá investigar os motivos que levaram o Presidente da República usar da prerrogativa de seu cargo para finalidade pessoal”.