IMF Photo/Cliff Owen

Segundo o Fundo Monetário Internacional (FMI), a economia global vai sofrer retração de 3% em 2020 por causa da pandemia do coronavírus. Será a maior crise desde 1929, e a recuperação deve aparecer apenas a partir de 2021. O relatório foi divulgado nesta terça-feira (14).

No final de 2019, o FMI projetou que o crescimento da economia mundial em 2020 era de 3,4%. Segundo o documento assinado por Gina Gopinath, economista-chefe do FMI, “é muito provável que este ano a economia global experimente sua pior recessão desde a Grande Depressão superando a vista durante a crise financeira de dez anos atrás”.

O FMI afirmou também no relatório que é possível esperar a retomada no crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) mundial na casa dos 5,8%, mas que dependerá da implementação de políticas públicas em cada país.