Foto: ONU/Loey Felipe

O Conselho de Segurança das Nações Unidas se reuniu pela primeira vez para discutir a crise socioeconômica e sanitária do coronavírus. O secretário-geral da ONU, António Guterres, afirmou que a pandemia de Covid-19 é uma ameaça para a segurança e paz internacionais.

Guterres pediu que os países-membros do Conselho de Segurança da ONU se unam para combater a crise, que já deixou mais de 1,8 milhão de infectados e mais de 114 mil mortos.

Há uma divergência entre os Estados-membros sobre a forma de manter a paz e segurança internacionais, que é função do Conselho. Segundo Guterres, a ONU passa “por seu teste mais grave” em 75 anos de fundação. “Esta é a luta de uma geração – e a razão de existir das próprias Nações Unidas”, completou.