Foto: JAAP ARRIENS/GETTY IMAGES

Com tantos países em regime de isolamento social para combater a disseminação da Covid-19, milhões de pessoas estão realizando trabalho remoto e as crianças fora das escolas, há uma certa preocupação sobre a possibilidade da internet “quebrar” e não garantir a todos usuários o acesso, devido ao uso sem precedentes.

Para tentar evitar que isso aconteça, a União Europeia solicitou à Netflix e outras plataformas de streaming que não exibam vídeos em alta definição durante esse período. O comissário europeu, Thierry Breton, pediu às pessoas e empresas para “mudarem para o formato padrão quando o HD não for necessário”.

O Facebook e o Instagram, visando replicar as medidas adotadas para as atividades da empresa na Europa, irá reduzir a qualidade de streaming de vídeo em suas plataformas também na América Latina. O Youtube, Amazon e Walt Disney também adotaram as medidas para aliviar as redes no período de alta demanda.