Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), retornou ao trabalho nesta terça-feira (7), após passar 20 dias em isolamento social após ser diagnosticado com a infecção Covid-19, causada pelo novo coronavírus.

“Não há uma escolha entre economia ou saúde. Só há um caminho: manter as pessoas com vida, e o Estado dar as condições para garantir a economia” declarou Alcolumbre. Ele relatou como passou por momentos difíceis com a doença e afirmou que a melhor prevenção é seguir as recomendações de especialistas da Organização Mundial da Saúde e do Ministério da Saúde.

Alcolumbre defendeu que “deixar de lado a questão fiscal, para socorrer empresas e cuidar dos empregos”, é fundamental neste momento. Por isso, na primeira sessão em seu retorno, foi aprovado o PL 1.282, que cria um programa de apoio às micro e pequenas empresas por meio de uma linha de crédito especial.