Foto: Agência Brasil

Os cinco maiores bancos do país (Banco do Brasil, Bradesco, Caixa, Itaú e Santander) processaram mais de 2 milhões de pedidos de renegociação de dívidas. A informação foi divulgada pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban). O valor das negociações chega a R$ 200 bilhões.

Nas operações, as instituições deram carência de dois a três meses no vencimento de parcelas em várias linhas, como crédito pessoal, imobiliário e para aquisição de veículos. Em nota, a Febrabran disse que “os bancos estão totalmente sensibilizados com a necessidade de os recursos chegarem rapidamente”.