Foto: Sumaia Villela/Agência Brasil

A crise causada pela pandemia de coronavírus, que levou a alteração das rotinas de trabalho com medidas de isolamento e fechamento do comércio, motivou muitos senadores a solicitar o adiamento das eleições municipais e a extensão do prazo para regularização de documentos.

A ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF) e presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), negou o pedido do Partido Progressista (PP) que pedia o adiamento por 30 dias do prazo para filiação de candidatos ao partido pelo qual vai concorrer.

O prazo de filiação partidária e o registro para novos partidos se encerra neste sábado (4), segundo o calendário eleitoral de 2020. A janela para troca de partido, iniciada em 5 de março, terminou ontem (3).