Foto: Marcos Corrêa/PR

O presidente Jair Bolsonaro tem, obviamente, uma estratégia por trás de suas atitudes. Sempre foi assim. Mas o que muito se questiona é se as suas atitudes hoje podem levá-lo a um irremediável isolamento. Crises como a provocada pela epidemia do novo coronavírus têm o condão de alterar os rumos da história. E a história do Brasil já está alterada, assim como a trajetória da presidência de Jair Bolsonaro.

Mesmo que não ocorra um impeachment contra ele – uma vez que o Brasil ainda está de ressaca do episódio Dilma Rousseff –, Bolsonaro pode ficar com uma caneta BIC sem tinta na presidência e contando com um público cada vez menor nas redes sociais.

Se o combate à corrupção e ao establishment político foi o cimento que uniu milhares de brasileiros em torno de Jair Bolsonaro, a pauta agora mudou. E isso provocará consequências graves na agenda.