Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

Pesquisa divulgada ontem (30) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) aponta que nove em cada dez empresas foram afetadas negativamente pela pandemia do coronavírus.

A sondagem apontou que indústria já sente queda na demanda por seus produtos, dificuldade para conseguir insumos e matérias-primas e a redução da oferta de capital de giro no sistema financeiro.

Como consequência do cancelamento de pedidos, houve um impacto negativo sobre o faturamento. Além disso, a queda na demanda e a dificuldade em conseguir insumos afetou a produção.

Vale a seguir as principais informações trazidas pela sondagem:

✓ 92% das empresas consultadas foram afetadas negativamente pelo coronavírus;

✓ 79% percebem queda na demanda;

✓ 86% estão com dificuldades para conseguir insumos ou matérias-primas.

✓ 83% encontram dificuldades na logística de transporte. 83% estão com muitas dificuldades;

✓ Em 41% das indústrias, a produção foi interrompida devido ao coronavírus;

✓ 73% estão com dificuldades para pagamentos rotineiros (tributos, fornecedores, salários, energia elétrica, aluguel etc);

✓ 78% encontraram mais dificuldades no acesso ao capital e giro;

✓ 58% adotaram trabalho domiciliar (home office) na relação com os empregos. 47% deram férias para parte dos empregados e 46% dos empregados foram afastados por estarem com sintomas do Covid-19; e

✓ Para 70% a queda no faturamento é o principal impacto da crise. Para 49% foram cancelamento pedidos/encomendas. E para 33% houve queda na produção;