Foto: Marcos Santos/USP Imagens

O governo federal reduziu nesta sexta-feira (20) a previsão de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) deste ano de 2,1% para 0,02%. A nova revisão da estimativa é motivada pelo efeito da pandemia do coronavírus no nível de atividade.

Em 2019, o PIB cresceu 1,1%. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), foi o desempenho mais fraco em 3 anos. O PIB representa a soma de todos os bens e serviços no país é usado para medir a evolução da economia.

Compartilhe