Foto: Marcos Corrêa/PR

O presidente Jair Bolsonaro realizou, nesta tarde de quarta-feira (18), a primeira coletiva de imprensa a respeito do coronavírus com a presença de ministros de Estado. O mandatário informou que o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, foi diagnosticado com Covid-19. Além disso, o ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general Augusto Heleno, também testou positivo para o exame.           

Bolsonaro  agradeceu os demais chefes de poderes – Câmara, Senado e STF – pelo empenho e apoio às medidas de combate à epidemia de coronavírus. Buscando diálogo e entendimento, Bolsonaro convidou os presidentes dos três poderes, mais o presidente do Tribunal de Contas da União, para um jantar destinado a debater a crise.

Durante a coletiva, o ministro da Economia, Paulo Guedes, anunciou que o governo irá distribuir vouchers (cupons) com valor equivalente ao do Bolsa Família por três meses para proteger os trabalhadores informais. Serão destinados R$15 bilhões – 5 bi por mês – para amparar os 40% da população de 21 estados brasileiros que, segundo o IBGE, trabalham informalmente.

Estavam presentes os ministros Walter Braga Netto (Casa Civil), Tarcísio Freitas (Infraestrutura), Sergio Moro (Justiça), Paulo Guedes (Economia), Luiz Henrique Mandetta (Saúde), Fernando Azevedo e Silva (Defesa), Rogério Marinho (Desenvolvimento Regional) e Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo) e o diretor-presidente da Anvisa, Antonio Barra Torres. 

Compartilhe