Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, teve sua viagem para a Nigéria cancelada na última quinta-feira (12) depois da confirmação de que Fábio Wajngarten, secretário-especial de Comunicação da Presidência, testou positivo para o novo Coronavírus.

Mourão visitaria o país africano entre os dias 16 e 17 de março para estreitar as relações comerciais entre Nigéria e Brasil, mas o compromisso foi suspenso pelo Palácio do Planalto. O vice-presidente também teve cancelada a sua visita para Gana.

Na última semana, doze membros da comitiva que acompanhou o presidente Jair Bolsonaro aos Estados Unidos testaram positivo para o novo Coronavírus,. Mourão não esteve na viagem, mas, como o continente africano vem apresentando menos casos do que o resto do mundo, optou-se por não se correr riscos.

O presidente, Jair Bolsonaro, também foi testado no final da última semana, mas seu resultado foi negativo. Além de Wajngarten, testaram positivo para o Covid-19, Nestor Forster, diplomata indicado para o cargo de embaixador do Brasil em Washington e Nelsinho Trad, senador do PSD do Mato Grosso do Sul.