Foto: Josué Damacena/IOC/Fiocruz

O novo balanço do Ministério da Saúde, divulgado neste domingo (15) informa que há 200 casos confirmados do novo coronavírus (Sars-Cov-2 ou COVID-19) no Brasil. No sábado (14), eram 121 confirmações. Além disso, há 1.913 casos suspeitos e 1.486 já foram descartados.

São Paulo é  estado com a maior quantidade de casos da doença, chegando a 136 (68% dos diagnósticos positivos do país). Já o Rio de Janeiro está em segundo lugar, com 24 casos. A Secretaria de Saúde do Distrito Federal informou, neste domingo, que há 14 casos confirmados no DF, sendo que não está claro se as pessoas do alto escalão do governo que contraíram a doença, como o chefe da Secretaria de Comunicação, Fábio Wajngarten, o senador Nelsino Trad (PSD-MS) e o diplomata Nestor Forster, foram enquadrados como casos do DF.

O protocolo básico para atendimento das pessoas infectadas pelo vírus é isolamento domiciliar. Somente os casos mais graves serão tratados em internação hospitalar. As medidas de prevenção se resumem em evitar locais aglomerados, lavar bem as mãos e, caso não haja possibilidade de utilizar água e sabão, o uso do álcool gel também é recomendado. 

Compartilhe