Foto: WWD/Shutterstock

O estilista e dono da Armani, Giorgio Armani, doou 1,25 millhão de euros, aproximadamente R$ 6,74 milhões para financiar custos de combate ao surto de coronavírus na Itália, um dos países europeus mais infectados com a doença.


O dinheiro doado será distribuído entre os hospitais italianos Luigi Sacco, o Instituto Nacional do Câncer, o San Raffaele em Milão e o Instituto Lazzaro Spallanzani em Roma e parte será destinada à proteção dos cidadãos. 

Compartilhe