Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta quinta-feira (12) que vai recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF) contra decisão do Congresso Nacional de derrubar veto à ampliação do Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Na quarta-feira (11), o Congresso optou por derrubar o veto do presidente Jair Bolsonaro ao projeto que amplia o acesso ao BPC. O benefício representa uma despesa anual de R$ 20 bilhões e é pago a pessoas com deficiência e idosos a partir de 65 anos com até um quarto de salário mínimo de renda familiar.