Foto: Alexander Klein/ AFP

A Associação Internacional de Transporte Aéreo (International Air Transport Association – IATA) estima que as companhias aéreas globais devem perder US$ 113 bilhões em vendas, caso o coronavírus continue a se espalhar.

A IATA informou que as perdas seriam semelhantes às da crise global de 2008, podendo levar a uma perda de 19% de seus negócios. Há duas semanas atrás, a estimativa de perda era na faixa de US$ 30 bilhões.

As restrições de viagens e falta de demanda dos passageiros incentivaram grandes companhias aéreas a cancelarem voos para a China continental. A aposta do diretor da Fitch Ratings, Josef Pospisil, é que as grandes companhias suportem o choque da demanda, mas as operadoras menores, sobretudo asiáticas, estão mais vulneráveis.

Compartilhe