Foto: Geraldo Bubniak / AGB

O fundador do Novo, ex-presidenciável João Amoêdo, deixou a presidência e o Diretório Nacional da sigla nesta quinta-feira (5). O cargo agora é de Eduardo Ribeiro, eleito com unanimidade pelos membros do partido.

Em nota, o Novo informa que Amoêdo irá continuar na Fundação Brasil Novo, como membro do Conselho Curador e como filiado. “Toda instituição, baseada em valores e ideias, como é o NOVO, precisa de renovação nos seus comandos, para seguir amadurecendo e crescendo”, afirmou Amoêdo.

Amoêdo ficou em quinto lugar na campanha presidencial de 2018, com 2,5% dos votos válidos. O Novo atualmente tem 48 mil filiados, oito deputados federais eleitos na Câmara e um governador, Romeu Zema, em Minas Gerais.

Compartilhe