Foto: Divulgação/MMA

O Ministério do Meio Ambiente deu início à implementação do sistema de logística reversa de baterias automotivas de chumbo ácido em 2019. A iniciativa é alinhada ao Programa Lixão Zero, da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS/2010) e abrange todo o território brasileiro.

A ação faz parte de um acordo intersetorial firmado com a Associação Brasileira de Baterias Automotivas e Industriais (Abrabat), a Associação Nacional dos Sincopeças do Brasil (Sincopeças-BR) e o Instituto Brasileiro de Energia Reciclável (Iber).

As metas firmadas são progressivas e o programa já teve participação acima de 60% em todos os cantos do país. A meta de recolhimento e envio para reciclagem é de 16 milhões de baterias automotivas de chumbo ácido até 2023, o que representa 155 mil toneladas de chumbo reciclados.

Compartilhe