Foto: Geraldo Magela/Agência Senado

A presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, a senadora Simone Tibet (MDB-MS), anunciou que a primeira reunião deliberativa de março da comissão, dia 4 de março, será sobre as propostas da bancada feminina, como ação integrada ao Dia Internacional da Mulher (8).

“É de praxe, independentemente de haver uma mulher à frente da Presidência desta Comissão, que no mês de março a Comissão de Constituição e Justiça dedique pelo menos um dia, como primeiros itens da pauta, aos itens da bancada feminina, especialmente aqueles que se referem ao combate à violência contra a mulher”, afirmou.

Simone repudiou ainda as falas do presidente da República, Jair Bolsonaro, a respeito da jornalista Patrícia Campos Melo, da Folha de S. Paulo, a quem prestou solidariedade. “ Essa dor é potencializada quando é dita por autoridades públicas, por qualquer um de nós. Nós estaremos, no mês de março, em uma campanha muito clara, a bancada feminina, de realmente persistir e repudiar não só a violência física, mas a violência verbal”, opinou.