Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC-RJ), afirmou que o valor da Companhia Estadual de Águas e Esgotos (Cedae) pode dobrar antes da privatização, quando as obras da nova estação de tratamento de água forem concluídas.

Segundo Witzel, o projeto poderia elevar o valor da estatal de R$ 7 bilhões para R$ 15 bilhões. Sob o novo modelo de gestão, a Cedae irá atuar apenas na captação e tratamento de água, que antes era vendida a quatro subconcessionárias.

A nova estação vai produzir mais 12 mil litros de água por segundo, o que demanda investimentos na ordem de R$ 1,5 bilhão, segundo dados do governo fluminense. A expectativa é gerar aproximadamente 5 mil empregos diretos e indiretos.

Compartilhe