Foto: Divulgação/Viagem e Turismo

Entre os dias 4 e 13 de fevereiro, a Arko Advice fez pesquisa com 106 deputados federais de 23 partidos políticos sobre avaliação do governo e reformas estruturais. Veja a seguir, os principais resultados.

✓ A avaliação positiva do governo subiu de 33,32% (dez/19) para 42,45% (fev/20). Já a negativa passou de 32,34% para 23,58%

✓ Com relação ao relacionamento entre Executivo e Legislativo, a avaliação positiva passou de 21,56% para 22,64% e a negativa caiu de 45,09% para 38,67%

✓ Para 63,20%, a eleição municipal de outubro pode atrapalhar a pauta de votações da Câmara

✓ Aumentou de 66,66% para 75,46% o percentual dos que acreditam que a Reforma Tributária será aprovada em definitivo ainda neste ano, embora uma parte acredite que será no 1º semestre (36,79%) e outra apenas no 2º (38,67%)

✓ Para 34,9%, a Reforma Administrativa terá mais celeridade do que as demais enviadas pelo Poder Executivo (PEC Emergencial, PEC do Fundos e do Pacto Federativo)

✓ Quanto ao salário mínimo, 75,47% acreditam que o Congresso aprovará o reajuste proposto pelo Executivo (de R$ 1.309,00 para R$ 1.045,00)

✓ Sobre o impacto do coronavírus na economia brasileira, a maioria (72,63%) acredita que será médio (36,79%) ou baixo (35,84%)