Foto: Shutterstock/iStock

O Twitter atingiu receita de US$ 1 bilhão pela primeira vez em sua história, superando expectativas do mercado, além de superar estimativas de crescimento do número de usuários, chegando a US$ 885 milhões gastos com publicidade, representando aumento ano a ano de 12%. Contudo, o lucro ficou abaixo do esperado: US$ 119 milhões, contra os US$ 255 milhões alcançados em 2018.

Para o primeiro semestre, o Twitter prevê receita entre US$ 825 e 885 milhões, o que está abaixo das expectativas de Wall Street.  Os custos para 2020 terão aumento de 20%, revertidos em investimento para contratação de novos funcionários e construção de um novo data center.

O maior crescimento da receita do Twitter foi nos Estados Unidos, mercado este que terá ano agitado em decorrência das eleições presidenciais em novembro, sobretudo no combate às notícias falsas divulgadas diariamente através da rede social.

Compartilhe