Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

O relator da MP 898/2019, que concede pagamento da 13ª parcela anual aos beneficiários do Bolsa Família e do BPC, senador Randolfe Rodrigues (REDE-AP), apresentou parecer reformulado à proposta.

Em seu novo voto, Randolfe retirou a previsão da tributação de lucros e dividendos, pela cobrança de Imposto sobre a Renda, das aplicações em Fundos de Investimentos Fechados, os chamados “fundos come-cotas”.

Após a leitura do voto, a discussão foi iniciada e concedida vista coletiva. Nova reunião da comissão mista que analisa a MP foi convocada para esta quarta-feira às 14h30, destinada a dar continuidade à discussão e proceder à votação.

Compartilhe