Foto: Sérgio Lima/Poder360

De acordo com o jornal Valor Econômico desta quarta-feira (12), a ministra da Mulher, Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, é uma possível candidata a vice-presidente na chapa de reeleição do atual presidente Jair Bolsonaro, nas eleições de 2022.


Damares é evangélica, pastora, conservadora e defensora da “família tradicional”, características que agradam Bolsonaro. Segundo pesquisa recente do Atlas Político, Damares tem 35% de aprovação e 47% de rejeição e, por tanto, não representa grande ameaça.


As dúvidas permanecem em torno do que Bolsonaro pretende fazer com o atual vice, general Mourão e como será a reação do setor militar em torno da decisão. Como Damares ainda não possui vínculo partidário, seria ela acomodada na Aliança Pelo Brasil, o novo partido da família Bolsonaro?