Foto: JIM YOUNG/AFP/JC

O Brasil e o Paraguai assinaram nesta terça-feira (11), em Assunção (Paraguai), o Acordo de Complementação Econômica nº 74 (ACE-74), que constitui um marco para a integração dos dois países. No mesmo dia foi assinado o Primeiro Protocolo Adicional ao ACE, Acordo Automotivo entre Brasil e Paraguai. O comércio de produtos automotivos entre ambos países movimentou, em 2019, US$ 650 milhões, com exportações de US$ 415 milhões e importações de US$ 235 milhões.


O ACE-74 aborda a agenda econômico-comercial, tal como a facilitação de comércio, cooperação aduaneira e complementa os tratados existentes no Mercosul. A conclusão do acordo completa a rede de acordos  bilaterais entre o Brasil e países do Mercosul da Associação Latino-Americana de Integração (Aladi). Há um AC-2 com o Uruguai e um ACE-14 com a Argentina.


O Acordo Automotivo traz estabilidade, segurança jurídica e previsibilidade para investimentos e comércio bilateral de produtos do setor. O tratado entra em vigor por prazo indeterminado ou até que o setor automotivo seja adequado ao regime geral do Mercosul. 

Compartilhe