Foto: Tony Winston/Agência Brasília

A comissão mista da Medida Provisória 898/2019, que garante o pagamento do 13º aos beneficiários do Bolsa Família agendou para terça-feira (11), a votação do relatório do senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), sobre a matéria.


O parecer está pronto para votação, embora tenha sido atrasado por conta da falta de quórum motivada por duas reuniões na semana passada. O presidente da comissão, deputado Camilo Capiberibe (PSB-AP), atribuiu a falta de quórum à pouca quantidade de deputados em Brasília para o início do ano legislativo.


O relator da MP apontou que o aumento da arrecadação da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) é uma fonte de recursos, e tem uma estimativa de render entre R$ 50 e R$ 63 bilhões.