Foto: Marcelo Fonseca /Agência O Globo

O Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) irá promover leilões de concessão de serviços de saneamento em quatro estados brasileiros: Rio de Janeiro, Acre, Amapá e Alagoas.


O maior investimento planejado será na Companhia Estadual de Águas e Esgotos (Cedae), com R$32,5 bilhões. “Se o setor privado for capaz de dar todo o crédito em determinado projeto, para nós não há problema, pois isso libera os recursos do banco para outros projetos necessários.”, disse o diretor de Infraestrutura, Concessões e PPPs do BNDES, Fábio Abrahão.


O BNDES tem R$ 200 bilhões para financiar o setor de infraestrutura e, deste total, R$ 42 bilhões para o saneamento. Os processos de concessão atuais não dependem da aprovação do novo marco legal do saneamento no Congresso, argumentou Abrahão.