Foto: Divulgação/Portal ERP

O Sienge é uma plataforma tecnológica para construção civil fundado em Santa Catarina. Visando controlar melhor o fluxo de trabalhadores em uma obra, instalou cadastro biométrico em catracas e percebeu que trabalhos manuais apagam as impressões digitais dos trabalhadores.


Para elaborar uma solução, o Sienge iniciou um projeto com uma startup de Belo Horizonte para controlar a entrada e saída por meio de reconhecimento facial. Com a instalação da tecnologia, zeraram as notificações da Justiça do Trabalho, pois só acessa a obra quem está com documentação e treinamento em dia.


De acordo com uma pesquisa da consultoria McKinsey, o setor de construção civil é um dos mais defasados em termos de produtividade por conta do atraso na adoção de novas tecnologias.

Compartilhe