Foto: Divulgação/SETCESP

A Fundação Getúlio Vargas (FGV), divulgou nesta quinta-feira (6), dados do Indicador Antecedente de Emprego (IAEmp), que aponta para uma recuperação progressiva do mercado de trabalho no Brasil.


O IAEmp antecipa os rumos do mercado de trabalho e registrou, nesse início de ano, o maior nível desde 2019, quando tinha 92,5 pontos. Somente em janeiro, o Brasil avançou 2,4 pontos, chegando a 92,3.


Já o Indicador Coincidente de Desemprego (ICD), funciona como a taxa de desemprego, ou seja, quanto menor o número, melhor o resultado. O ICD mensura a percepção das famílias sobre o mercado de trabalho, e caiu 2,8 pontos em janeiro, menor nível desde fevereiro de 2019, o que sugere uma redução gradual no desemprego do país.