Foto: Pedro França/Agência Senado

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), afirmou que projetos de desenvolvimento econômico, bem como pautas sociais, serão as prioridades de 2020 no Congresso Nacional. Adiantou que as campanhas municipais não devem interferir nas tramitações do Senado.


“Seremos a Casa da ponderação, da moderação e da conciliação, porque o que os brasileiros esperam da gente não é uma briga institucional. O que está assegurado na Constituição é a harmonia e a independência dos Poderes. Eu quero manter esse equilíbrio, o diálogo, o entendimento”, disse ele.

Em entrevista para a TV Senado neste domingo (2), disse que acredita no papel decisório do Parlamento para balancear e fortalecer as instituições do país e construir uma legislação que  beneficie o ambiente democrático e o crescimento econômico brasileiro.


A Reforma Tributária ocupa o topo da prioridade das Casas. Será montada ainda em fevereiro uma comissão mista para unir as principais matérias sobre o assunto em um único texto. A autonomia do Banco Central, aparentemente já tem consenso na Casa para sua aprovação após a deliberação da Câmara dos Deputados.

Compartilhe