Foto: Antonio Pinheiro / Divulgação
  O Nordeste registrou no dia 16 deste mês a geração de 1.232 MW (megawatts) de energia solar, o equivalente a 10% do consumo na região, segundo informou na terça-feira passada o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS). Esse pico ocorreu às 12h39, não computando a geração para consumo próprio. Na média diária, as usinas solares geraram 449 MW, ou 3,9% do consumo médio da região no dia.

O recorde de pico anterior ocorreu em de 12 de novembro de 2019, atingindo 1.210 MW. O Nordeste vem recebendo uma onda de investimentos em novas usinas de geração solar fotovoltaica que estão demonstrando grande competitividade nos leilões de energia.

Segundo a Aneel, a região tem hoje 54 usinas solares voltaicas em operação – espalhadas por Bahia, Paraíba, Ceará, Rio Grande do Norte e Piauí –, com potência somada de 1.513 MW. Dez usinas começaram a gerar energia em 2019; 23 estão em construção;e 68 projetos já receberam outorga, mas ainda não iniciaram obras.

Quando entrarem em operação, acrescentarão 3.448 MW, mais do que triplicando a capacidade atual na região. Recordes de geração de energia solar deverão ser frequentes nos próximos anos.

Compartilhe