Foto: Reprodução/Hypeness

O Banco Mundial, a União Europeia e as Nações Unidas irão financiar o projeto da Grande Muralha Verde, que visa plantar uma barreira de 8km de árvores na extremidade sul do deserto do Saara, na África.

O objetivo do projeto é amenizar as consequências das alterações climáticas na região, para melhorar a qualidade de vida das populações que ali habitam. Com a ambição de ser concluído até 2030, a Grande Muralha Verde será a maior estrutura verde do planeta, cruzando o continente africano.

Além dos aspectos ambientais, o projeto poderá fornecer alimentos para as pessoas, mediar conflitos e até controlar processos migratórios entre regiões. Ao fim da plantação, a Grande Muralha Verde será três vezes maior que a Grande Barreira de Corais, da Austrália, que é o maior recife do mundo.

Compartilhe