Foto: Alan Santos/PR

O presidente da República, Jair Bolsonaro, irá embarcar para a Índia nesta quinta-feira (23), com retorno previsto para o dia 27, em busca de acordos nas áreas de comércio, tecnologia e ciências. O foco da viagem é estreitar as relações comerciais Brasil-Índia para além da relação do Brics.

São estimados de 10 a 12 acordos, segundo o Ministério das Relações Exteriores. Alguns deles com maior expectativa dizem respeito aos seguintes temas: segurança cibernética, fim da dupla tributação, bioenergia, cooperação de saúde e medicinas não tradicionais.

Bolsonaro recebeu, ainda, um convite como convidado de honra para as comemorações do Dia da República da Índia, celebrado no dia 26 de janeiro (domingo). Somente um chefe de Estado é convidado para participar das cerimônias por ano.

A viagem do presidente brasileiro busca ter esse olhar específico para a Ásia, região tida como a mais dinâmica do mundo e também detentora de 65% da população mundial. Com a Índia, há ainda bastante espaço para melhorar o comércio, segundo o secretário de Negociações Bilaterais na Ásia, Pacífico e Rússia, Reinaldo José de Almeida Salgado.

A comitiva brasileira terá a presença dos ministros das Relações Exteriores, Ernesto Araújo; da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina; de Minas e Energia, Bento Albuquerque; de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Marcos Ponte; da Cidadania, Osmar Terra; e do Gabinete de Segurança Institucional, Augusto Heleno.

Compartilhe